por Rafael Gonzaga

A cada ano, a galera do rap nos surpreende com letras impactantes e novas sonoridades. O clipe de Madre Tierra, do rapper Inquérito, lançado nesta sexta-feira (26) não poderia ser diferente. Três meses depois de lançar o excelente vídeo para a faixa Eu Só Peço A Deus, do disco Corpo e Alma, o artista inova misturando rap com tango no clipe gravado na Argentina  com as participações de Malena D’Alessio e Ramiro Abrevaya. As gravações aconteceram quando o Inquérito esteve no país ‘hermano’ para participar do Festival Latinoamericano Del Ritmo. Madre Tierra faz parte do projeto Uma Só Voz, que busca estreitar os laços musicais entre a música brasileira e os vários ritmos da América Latina. A primeira gravação rolou ainda em 2015, na cidade de Havana, em Cuba. Na ocasião, Inquérito gravou com o La Invaxión, grupo que tem integrantes no Caribe e no Uruguai.

Quem assina a produção musical da faixa é o Dj Duh. A canção mescla a força das rimas do rap do Inquérito, com instrumentos tradicionais do tango, como guitarra criolla e bandoneon. O clipe mostra Inquérito e os artistas argentinos no estúdio, assim como cenas do rapper pelas ruas do país vizinho. A direção e finalização do clipe é de Eddie Silva, que acompanhou Inquérito durante toda a viagem e flagrou momentos do grupo no aeroporto, no estúdio, em espaços abertos da Argentina e também em eventos ligados à música, que podem ser vistos nas imagens do vídeo. “A música começou ainda no Brasil, no estúdio do Duh e quando fomos para a Argentina, gravamos as vozes, instrumentos e participações. Foi louco gravar em um estúdio onde os caras do tango gravaram também e, embora nossa música não seja um tango, ela quis, teve a intenção de inserir esses instrumentos típicos de lá”, conta Renan Inquérito. Confere logo o clipe:

O argentino Ramiro Abrevaya conta que esta foi a sua primeira experiência com o rap. “Foi uma fusão que funcionou. Foi uma bela experiência. O convite veio do Diego Barreiro, que me escolheu dentre muitos músicos argentinos que ele tinha ouvido, e estar no estúdio, sem um trabalho anterior, foi interessante. Nós nos encontramos lá, eles me mostraram o básico da música e me pediram para escrever e compor o coro. Em poucas horas escrevemos a letra e gravamos. Felizmente eu era capaz de traduzir o espírito que o Renan [Inquérito] queria transmitir com a música. Estou muito feliz com o resultado, porque concordo com a filosofia que a canção exprime. O vídeo também ficou bem bonito, é um trabalho bem abrangente”, comentou o músico.

A outra participante na música foi a rapper Malena D´Alessio. Filha de um pai desaparecido na ditatura argentina, ela conseguiu levar para a música toda sua crítica social e política. Malena, aliás, foi a fundadora do já extingo grupo Actitud María Marta, que esteve no Brasil em 2011 para alguns eventos. Para a canção “Madre Tierra”, fez questão de expressar a força da luta que faz como bandeira, que está diretamente ligada aos direitos humanos, das mulheres e da cultura popular.

Inquérito conta que, com Madre Tierra e o projeto Uma Só Voz, sua proposta vem sendo a de mostrar o rompimento de fronteiras entre a música independente, promovendo o intercâmbio musical latino. “A América Latina é muito grande e muito rica. O Brasil é o único país de língua portuguesa na região, e é muito importante que consigamos viajar e mostrar nossa música, nossa arte, em outros locais. Foram experiências bem diferentes estar em Cuba e na Argentina. Cada país com suas particularidades, cada músico com seus talentos e isso só exprime o que o rap é capaz: romper fronteiras e traduzir sentimentos”, completa Renan Inquérito.