Enquanto o Brasil ainda discute se deve ou não descriminalizar o porte de drogas, em países como o Canadá o ato de comprar maconha é tão simples quanto comprar uma barra de chocolate. Isso porque em Vancouver há uma vending machine da erva. O novo método de fornecimento veio da B.C. Pain Society, uma loja especializada em cannabis. 

A máquina possui variedades de alta qualidade da erva, além de cookies de maconha e papeis de seda. Ela aceita apenas dinheiro vivo e ainda é necessário que o usuário apresente um cartão da loja que pode ser adquirido após o usuário mostrar atestado médico, comprovando que faz uso da maconha como tratamento medicinal.

A cidade norte-americana de Seattle também possui vending machines da erva. Por lá, a máquina é ainda mais tecnológica. Por meio de um painel eletrônico, o usuário pode escolher o tipo desejado ou produtos que contenham maconha, como refrigerante. Em Seattle, o uso recreativo é liberado. Portanto, para comprar em uma dessas vending machines, basta apresentar a identidade. Uma câmera frontal e o sistema da máquina avalia se a venda pode ser efetuada ou não.