por Clara Novais e Fabiano Tresbach

Uma multidão de adolescentes gritando o nome de celebridades, algumas pessoas chorando, outras implorando para entrar no evento. Essa descrição poderia se referir a algum festival de música, ou a qualquer premiação de cinema, mas era o tapete vermelho da primeira edição da YouTube FanFest Brasil.

Entrar no Audio Club, em São Paulo, na quinta-feira (05) e chegar perto de seus youtubers favoritos era de graça, porém restrito. Apenas os primeiros mil fãs que se cadastraram no site da FanFest puderam participar. Foram mais de 70 mil cadastros. Ou seja, muita gente ficou de fora. No entanto, mesmo sem ingressos, algumas pessoas fizeram questão de ir à frente do local ver seus ídolos nem que fosse por alguns segundos, como é o caso de Elisângela Silva, 19 anos. Ela estava até tremendo de tanta emoção por ver Whindersson Nunes (4,4 milhões de inscritos) ao vivo. “Eu sigo ele há muito tempo e é a primeira vez que eu vejo ele de perto. É um sonho pra mim”, disse com o rosto todo molhado de tanto chorar.

+ SPFW: por fora das passarelas

Dentro do local, a situação estava um pouco mais controlada. Foram montados seis estandes nos quais os youtubers presentes se alternavam para interagir com seu público, além de i, palco cercado por telões onde aconteceram várias apresentações ao longo da tarde. Então, por ali a galera estava menos desesperada. Eles sabiam que uma hora ou outra teriam a chance de se aproximar das web-celebridades que acompanham.

Enquanto isso, Rafinha Bastos (1,8 milhão de inscritos) e Pathy dos Reis (1,1 milhão de inscritos), transmitiam tudo por livestream – obviamente, via YouTube – para quem acompanhava de casa. No final do evento, eles revelaram que a transmissão ao vivo do evento no Brasil bateu o recorde de todas as edições da YouTube FanFest pelo mundo.

Pathy dos Reis e Rafinha Bastos transmitiram via stream o evento (Foto: Orquestra de Imagens)
Pathy dos Reis e Rafinha Bastos transmitiram via stream o evento (Foto: Orquestra de Imagens)

Um dos pontos mais relevantes da tarde foi a entrega da placa Play de Diamante ao Porta dos Fundos (10,7 milhões de inscritos). Essa recompensa – a mais alta de todas – foi criada para parabenizar os criadores de conteúdo que tem mais de 10 milhões de inscritos na plataforma. O Porta foi o primeiro canal brasileiro a recebê-la e o tcheco-americano Robert Kyncl, diretor de negócios do YouTube, fez questão de vir ao país entregá-la pessoalmente a Gregório Duvivier, Antonio Tabet, João Vicente de Castro e Rafael Portugal que representaram a equipe na FanFest.

A galera do Porta dos Fundos recebe o Play de Diamante (foto: Orquestra de Imagens)
A galera do Porta dos Fundos recebe o Play de Diamante (foto: Orquestra de Imagens)

E, para encerrar, rolou um show do Biel (632 mil inscritos), cantor de funk ostentação que estourou no YouTube aos 16 anos e hoje está com 19. Foram quatro músicas apresentadas, incluindo seu mais novo hit, Demorô, que já acumula 6,4 milhões de visualizações e faz sucesso em várias rádios e baladas pelo país. Para delírio de quem estava presente, o cara fez questão de levantar a blusa e exibir seu tanquinho – diversas vezes.

Depois de quase cinco horas de programação, chegou a hora dos fãs voltarem para casa. Muito provavelmente, a maioria continuou acompanhando o resto do dia dos ídolos pelo Snapchat. Isso, é claro, depois de postarem no Instagram todas as selfies que conseguiram tirar com os youtubers na tarde de quinta-feira. Dia que ficará para sempre na memória – e nas redes sociais.

Lá em cima, você pode assistir ao papo que batemos com essa galera:  Kéfera Buchmann (6,5 milhões de inscritos), Whindersson Nunes (4,4 milhões de inscritos), Christian Figueiredo (3,5 milhões de inscritos), Japa (2,5 milhões de inscritos), Gabi Luthai (1 milhão de inscritos), PC Siqueira (1,8 milhões de inscritos), Jout Jout (434 mil inscritos), Victor Meyniel (519 mil inscritos) e Mari Moon (133 mil inscritos).

Ah! Além de tudo, ainda rolou uma participação surpresa. Luan Santana estava no local para cantar em outro evento do Google que aconteceria por lá e não resistiu a subir no palco da FanFest e dar uma palhinha.