artistas

Catarina Bessell

ilustração, colagens

por Redação Atualizado em 3 jun 2020, 16h08 - Publicado em
3 jun 2020
10h00

“QUANDO ABRO MEU BAÚ DE LEMBRANÇAS, tiro um retrato que emoldura minha infância: meu avô, com um livro na mão, num lugar tão distante quanto aqueles aonde as histórias podem nos levar. Cresci sonhando em acessar esse ‘lugar’.” Quando era menina, Catarina Bessel passou boas temporadas no Guarujá, no litoral paulista, e lá dormia no quartinho de pintura amontoado de traquitanas do seu avô, um pintor. Naquela casa, se apaixonou pelos romances históricos e obras sobre política. Cursou Arquitetura na FAU-USP, e lá mergulhei em diários de viagens, curiosa em saber mais sobre o olhar estrangeiro no mundo. Foi nessa época que descobriu a colagem, “um jeito de inventar mundos recortando e colando pedaços da realidade”. Hoje, trabalha com a técnica em livros, revistas e outras publicações. Afirma, que no caminho, segue viajando: “às vezes, até mais por meus universos interiores numa incursão pelo desconhecido. Levo comigo os livros que li, dos preferidos, Moby Dick. Mas meu barco não vai atrás de baleias, e sim do encantamento com o mundo, da transformação e da eterna reinvenção de si.”

-
Catarina Bessel/Arquivo

-
Catarina Bessel/Arquivo
-
Catarina Bessel/Arquivo
-
Catarina Bessel/Arquivo
-
Catarina Bessel/Arquivo
-
Catarina Bessel/Arquivo
-
Catarina Bessel/Arquivo
Continua após a publicidade

Artistas
–––––

Adoramos todos os artistas que colaboram com a Elástica. Essa página é uma forma de divulgar mais sobre o trabalho de CATARINA BESSELL. Aqui, contribuiu com a reportagem:

A liberdade de dançar depois dos 50

Confira mais de seu trabalho aqui.

Tags Relacionadas
mais de
artistas

Beatriz Shiro

Por
ilustração
Gsé-Silva_MG_6991

Gsé Silva

Por
fotografia
cock

Cauê Xopô

Por
ilustração
cartpum

Por
cartoon
soufarofa-1-1b

João Castellano

Por
Fotografia

Não é ? Sair.

Ter independência no discurso, manter uma rede diversa de colaboradores, remunerar bem a todos e fomentar projetos sociais são bases fundamentais para a Elástica.
Vivemos de patrocínios de empresas que acreditam em nosso discurso e nossas causas, além da colaboração dos nossos leitores através de assinatura digital. Na página de Contas Abertas você pode ver os valores que hoje a Elástica arrecada, e conferir os custos que incorremos para produzir o conteúdo que oferecemos.